Entrar Associar-se
Ínicio E-Mail Notícias Atendimento Convenções Tecnologia

Intenção de Consumo das Famílias aumenta pelo segundo mês consecutivo

Intenção de Consumo das Famílias aumenta pelo segundo mês consecutivo

Sindilojas 28.jun.2021

A Intenção de Consumo das Famílias Gaúchas divulgada nesta segunda-feira, dia 28 de junho, demonstrou que as famílias têm lutado para recuperar o consumo. De acordo com o ICF-RS de junho, o índice teve o maior aumento mensal desde o início do ano. “Há alguns anos começamos a adotar um neologismo: a despiora. E mais uma vez, ela se aplica aqui. A intenção de consumo vem despiorando, mas segue em nível muito deprimido. Ainda há muito a avançar para chegarmos a um nível confortável”, comentou o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn. Ao variar 7,1% na margem, o índice geral atingiu a marca dos 63,4 pontos e engatou a segunda alta consecutiva em um contexto de recuperação da atividade econômica.

Todos os sub-índices da pesquisa tiveram aumentos na comparação com o mês anterior. O sub-índice de Segurança no Emprego Atual teve a quarta alta mensal consecutiva ao variar 7,3% e atingir o nível de 77,7 pontos. Fatores como a melhora no mercado de trabalho, especialmente no mercado de trabalho formal, assim como a renovação do BEM (Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda), alimentaram maior segurança dos indivíduos com relação à manutenção do emprego. Embora os resultados sejam positivos, o sub-índice do emprego é ainda 32,0% inferior ao patamar de março de 2020 (última edição da pesquisa sem influência da pandemia).

O Nível de Consumo Atual cresceu 10,8% na margem. Contudo, está no nível de 47,0 pontos, o que não supera o resultado de março de 2021 (48,1 pontos). A aceleração da inflação, a diminuição do valor do benefício emergencial e a perda de renda decorrente da pandemia explicam esse nível de consumo menor do que no mesmo período anterior (-27,9%). O índice de Momento para Duráveis (45,2 pontos) é o maior desde abril do ano passado, quando registrou (67,9 pontos), mas ainda segue 45,9% abaixo do nível de março de 2020.

As perspectivas de consumo e profissionais tiveram melhora de 9,9% e 11,3%, respectivamente, na passagem do mês. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, os percentuais continuam apresentando quedas muito grandes, mas que vem diminuindo nos últimos dois meses. “Ambas estão muito próximas das mínimas históricas e a tendência é que evoluam conforme avance a vacinação da população e não haja retrocessos no processo de retomada da atividade”, finalizou Bohn.

×

Você quer sair?

Lembre-se que para entrar novamente, precisará das informações de E-mail e Senha.

Sim Não

Endereço

R. Gen. Neto, 19 - Centro, Bagé - RS, 96400-380 | Telefone: (053) 3242 5063

Desenvolvido por:
Patrique.com.br

×

Patrique Uiliam

patrique.com.br

Telefone/WhatsApp:53 999 00 52 51

E-mail para patriqueuiliam@gmail.com

×

Explorar

Se não encontrou, prencha este formulário.

Inicie um atendimento